Site Meter

e:
QUE MAIS?
qual o bicho que troca um errado destino conhecido
(a casa, o saxofone, o cansaço)
pela promessa de um beijo eterno?
a tentação da resposta
a tentação da resposta ser evidente
a tentação da resposta acertada
muitos poetas morrem nesta questão

12 comentários:

Maria Laura disse...

Porque é uma questão eterna. Trocar o certo (mesmo errado...) pelo sonho incerto. Pois, muitos morrem nesta questão (mesmo sem serem poetas).

ana disse...

Poeta ou não, cada um é livre de viver ou morrer como pode!

E de decidir, daí o livre arbítreo, que afinal não passa senão pelo hábito do que supomos mais aprovável e menos confrontador, digo eu...

~pi disse...

vagamente - previsível - tristinho - lamentável

[ tão tão analogicamente ...




~

rosasiventos disse...

Senhora Ana, Senhora pi: deve ter-me escapado algo. beijinhos. analógicos.

~pi disse...

faltava o código

de acesso? :(

:)

rosasiventos disse...

falou em código de acesso? à sua interpretação? curtinha - limitada - linear - superficial?
jinhos jinhos

ivone disse...

com ou sem código já nada me interessa a não ser esse beijo terno



.i

EDUARDO disse...

Todas as respostas vão dar ao mesmo sítio o importante é apreciarmos as belas palavras do poema e aplaudirmos a sensibilidade de que cria. Goste amiga!

Paradoxos

K disse...

Um resposta que acabe de vez com todas as perguntas!

legivel disse...

... bom... o saxofone, o saxofone...

Fez-me lembrar o trágico caso daquela poetisa que morreu abraçada ao instrumento da sua predilecção: o sexofone.



tenho a clara noção que posso ser castigado com estas parvoeiras que por aqui e ali debito. Mas como diz o povo: "enquanto o pau* vai e vem, folgam as costas".

*Cruzes canhoto!

Ad astra disse...

...o bicho que arrisca
na
tentação da incerteza

bj

nana disse...

esse bicho

(m)eu.....






..

Arquivo do blogue



ROSASIVENTOS
DMCA.com