Site Meter



~









as amoras silvestres lembravam amigas antigas nascidas viúvas


sem qualquer intenção de viver pralém do primeiro olhar

[ admirava-as por isso, esmagava-as docemente e logo eram

compota e água na língua - memorizada




3 comentários:

Rolando disse...

oi. tudo blz? estive por aqui. muito legal. apareça or lá. abraços.

heretico disse...

amoras e mel silvestre...

que beleza!

beijos

Carlos Ramos disse...

A memória pode ser uma benção ou uma lamina. As tuas composições são a primeira.

Abraço

Arquivo do blogue



ROSASIVENTOS
DMCA.com