Site Meter

o homem fechado no quarto: a porta batida em silêncio para terra
o quarto aberto na totalidade para o mar
um quarto descendo do céu
o homem subiu pelo elevador na procura
transportando um saxofone
o homem encerrado no quarto aberto sobre uma lâmina recorrente, oxidada, cortando o horizonte insuportável; deve sangrar o mar cinzento, muitas ondas, muitas notas sopradas ao saxofone
mas nada
deveria caber tudo mas tudo no interior de uma melodia
repete o pensamento ao guardar o saxofone
de onde vem a tua voz?
ao abrir a porta para terra
como escutá-la?
ao descer as escadas

5 comentários:

Alessandra disse...

fui pega no vórtice dessas ondas, dessas palavras saxofonadas, lindo, vertiginoso. Um beijo!

BANDEIRAS disse...

Querida amiga,

Uma feliz Páscoa, reze a Deus por nós.
bjs.

luci disse...

um buraco na terra!?

Andreia Ferreira disse...

E não cabe mesmo tudo dentro de uma melodia? *

Vitor Oliveira Jorge disse...

Isto é poesia!!!
Parabéns
Vitor

Arquivo do blogue



ROSASIVENTOS
DMCA.com