Site Meter







( fonte de aldeia
pedra colo
supra
ter r a a
noi te cer
( sou rã sou charco
met a de







nascer






)( amar não é acto de
vontade
)que só sou
ser
declínio de estação(
actus in fa c tus
ac
on t ecer






[ fot in clin ações
.

11 comentários:

rosasiventos disse...

sou

inclinada às palavras

[ ainda :)

Véu de Maya disse...

Gostei da tua asa criativa no amor..e das imagens com cheiro a natureza- na sua força genesíaca primordial!...acresce o facto de o teu blog viver no Porto?!
Agradeço a visita muito oportuna... os posts têm afinidade-a Mulher... as palavras poéticas ou criativas...embelezam o mundo...bem hajas por seres[pareces]uma alma perfumada.

beijinho

O Profeta disse...

Onde acaba a terra e começa o Mar
Há um lugar onde vive a ilusão
Repousa na madrepérola das conchas
Com a forma de um coração

Onde as giestas se agarram à areia
Onde as pedras têm diadema de algas
Onde o Mar conta histórias longínquas
Onde as vagas soltam distantes mágoas


Bom fim de semana

intimidades disse...

adoro amar

jokas

Paula

Paradoxos disse...

gosto da tua originalidade!!

um Ar de disse...

Lindos telhados
de anoitecer
.
[Se é aí
que tu moras
não faltará
inspiração]
.
Prazer de lençóis
brancos
.
Outras páginas
onde
tudo pode acontecer
.
E as palavras
também
.
[Beijo...@]

mdsol disse...

Desafiantemente heterodoxa!
:)

legivel disse...

... sabendo da vossa inclinação, senhora minha, deixai que também eu me incline reverencialmente









desculpai senhora. O meu esqueleto já não têm a flexibilidade de outrora, pois tanto me inclinei que malhei valentemente no chão. Ficai descansada que não me vou sem apanhar todos os ossos...

L.Reis disse...

quase nada é um acto de vontade...

Stella Nijinsky disse...

Olá R&V

... quase tudo é um acto de vontade...

mas tb concordo com o l. reis.

na verdade, paradoxo!

mas não o amor,
esse não é
ainda que o possa ser.

Beijo,
Stella

lupussignatus disse...

anoi
te
ce

sob

a

fonte

de

prodígios

Arquivo do blogue



ROSASIVENTOS
DMCA.com