Site Meter







noc te (s












doce de

a



a




aa (a


lu a a lu xxxxxxxxxx()xxxxxxxxxx









fot1 der mond _felix mantel 2 helene knoop´






.

21 comentários:

intimidades disse...

adoro a lua cheia faz-me sonhar

Jokas

Paula

~pi disse...

pode fazer sonhar mas eu meto-me lá dentro, é uma útero a lua cheia.

conheço um lobo, lá... :)

somos amigos, rebolamos no chão, a barriga dele é muito macia, gosto de lhe fazer cócegas e...

e vemos a terra a girar

de vaga ri nho :)



~

observatory disse...

que bom.

tão bonito

fiquei a adivinhar o som do sax

grasnado como um belo ganso?

hmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

delicia

Vanda disse...

Li os post da romã ate aqui.


ocorre-me (!!) dizer que os ventos teem soprado fartos pela rosa, ou as rosas têm (s)ido impetuosas no soprar do vento.

Uma ou outra, gostei do que li.


Ao som de tudo, ou apenas no silêncio do vento.


Bom fim de semana! Beijo

SMA disse...

Ai Lua
.
.
.
tanto me define

bjo doce

rosasiventos disse...

querida vanda...:)

ventos são ventos
rosas são rosas
e são amigos,

mas rosas abrem sem ventos
e ventos dispersam-se sem rosas...

rosas são frágeis e o meu ventinho é um só, vive-me na boca e tem pele macia,

brinco muito com ele, mas é tão envergonhado que nunca o vês aqui.

talvez por medo que me contipe, conserva-me no biombo,

pra já só nos encontramos nesse peito macio onde tudo lhe digo e
ele sabe tudo,

mas não de palavras, ele tem medo delas e eu também, sim, mas a mim só me resta um pequeno espinho, tão macio que já nem pica.

ele adormece em silêncio embalado em mim, e um dia dir-me-à a única palavra em que acredito para que também eu possa dormir :)

Ad astra disse...

Fantastico som...

Beijos, muitos!

elena disse...

(...) "A alienação de espectador em proveito do objeto contemplado (que é o resultado da sua própria atividade inconsciente) exprime-se assim:

quanto mais ele contempla, menos vive;

quanto mais aceita reconhecer-se nas imagens dominantes da necessidade, menos ele compreende a sua própria existência e o seu próprio desejo" (...)

lupussignatus disse...

música

para

os

olhos

anatema disse...

Maravilloso, en forma y contenido.

¿Me equivoco si pienso que eres Luci?

Besos.

rosasiventos disse...

sou luci querida anatema ~

rosasiventos disse...

sim, luci ( rosa rosae

muda-surda

( surda to tal

sou eu

c´est moi

it´s me

cravada de cruzes e flechas

cravada de xxxxxxxxxxxxxxxxxxx

como s. sebastião

toda toda pedra nua

( surda de rebentar gritos

dentro

dos tímpanos

L.Reis disse...

...fazedora de marés...

Justine disse...

Suave e musical, arrastas-me enfeitiçada para o território dos sonhos. Empolgante

mdsol disse...

Sempre bom vir aqui! Sempre.
:))

heretico disse...

a sedução pela voz. gosto...

excelente solo de saxo(fone).

Stella Nijinsky disse...

Devia ter tocado os teus lábios,
mas era eu a fera...
agora só.

Olá R&V,
Olá ~pi também que gostei do teu lobo mas encontrei a caixa fechada.

Beijo

Stella

vida de vidro disse...

Sonoridades de lua. Sonhos de luar. **

Rui disse...

Escrevia uma linha e parava, não encontrando seguimento para a ideia. Voltava atrás, relia a frase uma, dez, vinte vezes, e nada. Refazia-a. Riscava-a. Escrevia outra frase. E mais nada. “Esta manhã… não, era ainda de noite, lembrei-me de ti”. Ponto final. Parágrafo.

Vieira Calado disse...

Muito interessantes, os experimentais e os outros.

Bom fim de semana

casa de passe disse...

saxe

ou phone ?

Arquivo do blogue



ROSASIVENTOS
DMCA.com